Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Bem-vindos ao meu cantinho, cantinho este recheado de pensamentos sobre o meu dia-a-dia, reflexões e opiniões. Sintam-se como que em casa.

#t-h-i-s ♥

"In order to be irreplaceable one must always be different." Coco Chanel

19-01-2012

por nobody tavares, em 19.01.13

Faz hoje um ano que viajei para a Alemanha. A viagem era só de ida mas houve um regresso. Por vezes temos sonhos que podemos realizar mas como em tudo na vida à dificuldades. Eu tinha um sonho, era ir morar para a Alemanha, aquele país que sempre cativou-me, sou teimosa, persistente e metendo isso na cabeça, lá fui eu. No meu sonho encontrei uma enorme dificuldade... as saudades. Não aguentei, chorava todos os dias, e aquilo que eu considerava um sonho estava a tornar-se um pesadelo. Não vou dizer que não vivi muitos momentos de felicidade lá porque estaria a mentir. É claro que fui feliz lá mas não por completo, faltavam-me as pessoas mais importantes.
Desisti e deixei assim uma parte de mim na Alemanha que prometi a mim mesma um dia lá voltar a ser feliz. Não considero jamais isto um erro, foi sim uma lição. Atirei-me de cabeça, sei bem disso mas isto também é uma prova para mim mesma que consigo ir atrás daquilo que eu quero. Hoje sinto bastantes saudades da vida que tinha lá, talvez não aproveitei ao máximo mas diverti-me e criei laços de amizade.
Há um ano atrás disse para mim mesma assim que cheguei a casa, de que iria ter que regressar a Portugal, eu não iria aguentar e foi mesmo isso que aconteceu. Meti na cabeça que não aguentaria e não aguentei mesmo. Agora sei que da próxima vou eliminar todos os pensamentos negativos e seguir em frente.
Apesar das saudades, das teimosias da minha tia, das birras do meu primo, eu era amada e queriam-me lá mas eu só percebi isso quando cheguei aqui, tarde demais. Quero voltar lá mas tenho medo, medo de não querer voltar. Eu gosto muito de estar lá, sinto-me em casa, sinto-me bem, segura e sem preocupações.
Não estou arrependida de todo por ter voltado não! Os cinco meses que estive lá deram para eu realmente ver quem são os meus verdadeiros amigos. Como é óbvio tinha pessoas que só falavam comigo porque eu estava na Alemanha, terra dos Tokio Hotel... hoje essas pessoas já nem me ligam. Mas eu não preciso delas para nada porque com o tempo que passei lá deu para fortalecer os meus laços de amizade com duas amigas minhas a quem eu agradeço por tudo mesmo. Elas merecem um mundo, deram-me muito apoio e palavras que nunca pensei precisar de ouvir. Elas sabem bem quem são, são as minhas meninas e elas são sem razões para dúvidas uma das poucas razões porque eu não me arrependo de ter voltado.
Hoje não me sinto triste nem feliz, sinto-me apenas saudosa. Saudosa por tudo o que vivi lá.
A vida é mesmo assim... Espero acabar o curso o mais rápido possível e voltar para lá, sei que tudo será diferente, muito diferente mesmo. Cresci nesses cinco meses e neste ano que se passou mudei muito, psicológicamente.
Quem segue o blog desde à um ano sabe muito bem que eu nunca mais voltei a tocar no assunto "Alemanha" desde que eu cheguei a Portugal, porque custa-me um pouco mas depois de ter escrito estas palavras parece que tirei um peso de cima de mim, talvez necessitasse mesmo de escrever.
Quero agradecer a todos os que seguem o meu blog e que quando eu estive mais em baixo apoiou-me com comentários super amorosos, muito obrigada do fundo do meu coração. 

P.S. Eu já tive um blog que se chamava "Ich Fahr Allein" e eliminei-o quando percebi que iria mesmo voltar, achei que não fazia mais sentido mas agora arrependi-me... Estava a pensar se gostariam de saber um pouco sobre as minhas aventuras por lá e um pouco da Alemanha. Se estiverem interessados(as) eu criarei uma segunda versão do "Ich Fahr Allein".

publicado às 18:25


7 comentários

De a 19.01.2013 às 18:51

Eu acho que não foi de todo um erro a tua ida, foi uma experiência e tu aprendeste com ela :) para a próxima vai ser diferente...até lá, aprendes a lidar com as saudades e vais ver que corre tudo bem...foi com a tua ida que passei a acompanhar-te...gostei disso e estou contente por agora seres feliz :') <3

De • Smartie a 19.01.2013 às 19:03

Acho que fizeste muito bem em ir, querida...todas as experiências valem a pena, desde que retiremos lições delas e que aprendamos com elas :) Foi mais ou menos por volta dessa altura que comecei a seguir o teu blog, se não estou em erro, e não me arrependo de todo, muito pelo contrário ^^ És uma querida e mereces toda a sorte do mundo :D ♥

De filipa. a 19.01.2013 às 19:09

nada para agradecer :p

De BOPS a 19.01.2013 às 19:21

Eu imagino que custe imenso estar longe dos nossos, de quem amamos, dos nossos maiores suportes...o ideal era levá-los a todos connosco, não é? x)
Vou dizer-te uma coisa, quando contei ao Mundo que também iria à Alemanha choveram amizades...porque será? Há pessoas mesmo reles, mas nem sequer podemos ligar a isso...
Conta as tuas aventuras por terras germânicas, acho que ia ser muito giro ;)

De Liza a 19.01.2013 às 22:38

obrigada querida :)

- as saudades são tramadas. não era capaz de viver longe das pessoas que mais gosto, só mesmo em último caso :S

De Hellen a 19.01.2013 às 22:53

bem, eu tive uma altura em que o meu sonho era ir viver para Londres mas como é óbvio não se realizou e fico muito agradecida por isso porque, se tivesse ido para lá não tinha conhecido as pessoas fantásticas que vim a conhecer !
mas entretanto, já fui passar 1 mês à Alemanha como férias e de inicio, pensei que não fosse aguentar ficar tanto tempo fora de casa e longe de tudo e todos mas, nem dei pelo tempo passar!

De Shiniia ♡ a 20.01.2013 às 00:40

Bem, nunca é um erro. Tambem tenho esse desejo, mas nao na Alemanha. Sempre, desde muito pequena que quero ir para o Japao e agora sinto me mais proxima disso, mas confesso que tenho receio de tornar o sonho num pesadelo :|
Mas ha sempre a parte boa...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


nobody tavares ♥

Image and video hosting by TinyPic
Sou uma pessoa apaixonada pelo que faço e tento viver todos os momentos ao máximo, saboreio todas as etapas da minha existência. Sou bastante persistente e rígida no que toca às minhas ambições. Por vezes posso ser um anjo por outras um furacão pois não me deixo ficar por meios termos e detesto hesitação. Posso amar com a mesma facilidade que posso vir a detestar. Confesso ser um pouco autoritária por vezes. Sou vingativa e super ciumenta. Sou também bastante intuitiva. Assim que ganho confiança, sou a pessoa mais extrovertida de sempre.Tenho tendência para o exagero.

Instagram ♥


Twitter ♥


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D